É tempo de substituir o petróleo pelo cânhamo

folha_canhamoA recessão renovou o interesse no crescente mercado do cânhamo em todo o mundo , inclusive nos EUA, onde está a ser discutida uma alteração da actual legislação para permitir o cultivo em solo americano ( embora permitida a sua importação, o cultivo do cânhamo é proibido nos EUA ).

A utilização do cânhamo tem uma história com milhares de anos, foram encontrados vestígios de tecido de fibras de cânhamo na zona da antiga Mesopotâmia, na Tailândia encontrou-se olaria decorada com as impressão das folha desta planta, os antigos Egípcios já fiavam o cânhamo no ano 4000AC.

Em Portugal, foi a partir do Século XIV que o cultivo desta se tornou comum, pois era a matéria prima para a preparação dos cabos e velas das embarcações Portuguesas, em 1971 este cultivar é considerado ilegal devido à Cannabis, uma decisão posteriormente revogada pela União Europeia (em 1998).

Não se pode confundir o cânhamo (Cannabis Sativa L.) com a conhecida erva ou marijuana, já que a percentagem de THC ( Tetraidrocanabinol ) é residual no cânhamo e atinge cerca de 20% na cannabis.

250px-Hanfstengel A sua aplicação vai desde os tecidos, papel, medicamentos, cosmética e alimentação. Por exemplo, um hectare de cânhamo produz 4 vezes mais que a mesma área de eucaliptal, imaginem a diferença no ambiente, sabendo que esta planta é ambientalmente benéfica, não requer pesticidas, as suas raízes limpam os solos, não necessita de muita irrigação, as suas sementes deixam os solos ricos em depósitos de nitrogénio, fazendo crescer a produção das colheitas rotativas tais como as de soja e milho.

Mas este post tem como titulo “É tempo de substituir o petróleo pelo cânhamo“, em que áreas isso é possível?

Na produção de plásticos e polímeros, onde se incluem fibras artificiais para a industria textil.

No biodisel, o cânhamo já foi utilizado em 1938 para produzir etanol utilizado por Hery Ford no seu modelo T.

[google 5178552626409134285 nolink]

Aqui ficam alguns links de interesse, com alguns exemplos das mais de 25000 utilizações do cânhamo:

E nós, como diz o Sérgio Godinho “cá se vai andando com a cabeça entre as orelhas…”

1 Comment

  1. Gosto da maneira clara e analítica com que escreves, apesar de esse assunto ser um controverso.
    Todas as plantas “proibidas” tem utilidade na medicina e na industria como dizes e bem ja vem da pré-historia vamos ver o que o futuro nos reserva da maneira como umas coisas evoluem e outras parece que andam para trás vamos ver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *